terça-feira, 10 de junho de 2014

Brasília ganha os primeiros carros elétricos




O DF recebeu nesta segunda-feira (09/06), no Parque da Cidade, seu primeiro carro elétrico da história, o Brasília Ecomóvel. A novidade tem o objetivo de motivar a implantação da mobilidade elétrica inteligente no Distrito Federal.

"O carro elétrico tem tudo a ver com a proposta de desenvolvimento de Brasília, com sustentabilidade e mantendo a qualidade de vida", disse o governador Agnelo Queiroz, que fez questão de dar uma volta com o veículo.
 Ainda em fase de testes, a CEB utilizará quatro carros elétricos em sua frota para serviços de manutenção da rede e terá dois eletropostos disponíveis em Brasília para o abastecimento, sendo um dentro da sede da empresa, no SIA, e outro no Parque da Cidade.
 "Esse é o primeiro passo para transformar toda a frota em elétrica. Vamos dar exemplo para o Brasil", disse o diretor geral da CEB, Rubem Fonseca.
 Os eletropostos são sonorizados e conectados ao sistema de mobilidade inteligente mobi.me. Cada usuário tem um cartão de autenticação no sistema que permite carregar em qualquer eletroposto e dar feedback ao sistema sobre a performance do carro e do carregamento da bateria.
 Com isso, a CEB poderá ter acesso customizado a dados em tempo real sobre a performance do veículo, o impacto do abastecimento na rede elétrica, o tamanho da redução dos níveis de emissão, padrões de mobilidade, distância percorrida, entre outros.
 Essa rede inteligente de mobilidade poderá auxiliar a formulação de políticas públicas relacionadas ao veículo elétrico, dar a origem a pesquisas de novos produtos e serviços, analisar perfil do usuário e frota, e mais.
 "Esse monitoramento é muito importante para a gestão. Esse projeto é o primeiro passo de mil que daremos em frente. Futuramente, com o crescimento da indústria, vamos incorporar mais carros elétricos tanto na frota do GDF como mais carros na frota da CEB", explicou o governador, que afirmou, ainda, que outro possível passo é o compartilhamento de veículos, nos moldes do que é feito, atualmente, com as bicicletas.

TREINO – Trabalhadores da CEB passaram por um treinamento de três dias com instruções sobre o veículo e sua manutenção. Os carros têm autonomia de 120 km.
 No Distrito Federal, a iniciativa é uma parceria entre a CEB Distribuição, a Itaipu Binacional, o centro de inovação e engenharia português Ceiia e a Renault Nissan. O DF é a segunda unidade da Federação a receber o projeto, que primeiro foi implantado em Curitiba, sob a responsabilidade da Itaipu e da prefeitura da cidade.


Fonte: Agência Brasília 

Nenhum comentário:

Postar um comentário